quinta-feira, 17 de março de 2011

tento ser terra no Mar dos teus sonhos...



tento ser terra no Mar dos teus sonhos…
na abrangência das reticências – guardo-te
dentro de nós,  do tempo que se solta
nesta inquietude de paz que é aMar-te…

e sei-te nesse deserto sedento de Mar
oposto certo na desmesura da luz
imagem íntegra na arte desintegrada
ascensão que o teu olhar induz

rodopiam novos sonetos verdejantes
no verde fulminante que me doMa
e sustém a respiração dos aMantes

pulsam fragmentos no brilho vulcanizado
integrado por este aMor Maior
e sou terra real no nosso Mar sonhado...

25 comentários:

A.S. disse...

Cristina,

Um lindo soneto!
Ser terra no mar dos sonhos é o primeiro passo para que os sonhos sejam realidade!


Beijo,
AL

Mar Arável disse...

Excelente

assim

sem mais

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Cristina, belo soneto...Espectacular....
Cumprimentos

Pedrasnuas disse...

Ser terra no mar de sonhos...há deserto, inquietude, paz, luz,imagem, sonetos verdejantes, respiração suspensa ...
Terra ,deusa fértil,mãe, mulher... o pulsar dos fragmentos ... os sonhos precisam do calor da terra para germinar...se multiplicar...

Beijo grande
P.N.

© Piedade Araújo Sol disse...

um soneto perfeito de aMor e aMAr.

e voemos no sonho de aMAR.

bom fim de semana!

beij

Pelos caminhos da vida. disse...

Há dias tão lindos...
Há momentos tão simples.
O que nos move é essa sensação, de sentir que alguém que se importa, e gosta da gente de verdade...

(Patty Vicensotti)

FELIZ DIA DO BLOGUEIRO PARA VC AMIGA.

Um domingo cheio de bençãos para todos nós.

beijooo.

Ana disse...

Belo! Na inquietude do aMor!
Um beijo, Cristina *

Mario disse...

Olá!
Fiquei surpreendido e deveras agradado pela visita.
Parabéns por este maravilhoso soneto.
Voltarei para apreciar mais demoradamente este blogue que me despertou a curiosidade.
Bom fim de semana.

Nilson Barcelli disse...

"...e sei-te nesse deserto sedento de Mar
oposto certo na desmesura da luz"
Excelente soneto, querida amiga Cristina. Gostei muito.
Beijos.

Graça Pereira disse...

Os sonetos aqui nascem como as flores num jardim... ou ,como as ondas do mar que é o teu encanto!!
Mil beijos.
Graça

tecas disse...

Que lindo soneto! « tento ser terra no Mar dos teus sonhos»
Desnecessárias são as palavras para comentar e que está comentado por natureza...a beleza do poema e do titulo.
Bjito e uma flor

manuela baptista disse...

real e sonhado mar

a.mar é apenas sonetar

muito belo, Chris!

um beijo

manuela

Braulio Pereira disse...

ola Cristina

aen.....esse mar que será que tem o mar que tanto nos inspira.
tem feitiço.
ai como é bom sonhar.
é primavera
á perfume de flores
vamos mar a dentro

beijos

dias felizes!!

Lilá(s) disse...

Os sonhos germinam com os tons lilás do sol no entardecer sem duvida...bem escolhida a imagem para um soneto lindo!
Bjs

Graça disse...

Que dizer mais sobre os teus sonetos?? Que estes sabores de (a)mar_esia lhes ficam magnificamente.


Beijo de carinho, Cris.

Eduardo Aleixo disse...

O seu poema é lindo.
Comentei no face e estranho que não apareça o comentário.

Mel de Carvalho disse...

Chego a sentir "inveja" de quem sabe fazer sonetos. E sabe, além da forma, dar-lhe beleza e lirismo.

Muito belo, Cristina
Beijo
Mel

MARCIANO VASQUES disse...

Seu blog é lindo!
Como o blog é de certa forma o espelho da alma de alguém...
Um abraço,
Marciano Vasques
E "tento ser terra no Mar dos teus sonhos", que bonito!

El Brujo disse...

Vim, li e fui ficando... passeando, fazendo um tour nessas páginas...
Deixando rastros pra não perder o caminho!
Umas quando leio alimentam o espirito, já outras doem no corpo...
Mas todas são inspiradoras

Pensador disse...

Seus versos ficaram Muito bons, Cris. Parabéns. E felicidades a você e M.

Beijos!

Vieira Calado disse...

Sonetos são um género sempre actual!

Bjjss

Lilá(s) disse...

Olà amiga
Vim trazer-lhe a Bênção da Irlanda."Onde quer que você vá e faça o que fizer, pode a sorte dos irlandeses estar lá com você."
Boa Pàscoa
Bjs

. intemporal . disse...

.

.

. a eito . per.f.eito .

.

.

luz efemera disse...

Fico feliz pelo Mar fazer parte integrante do vocabulário...Sempre bonito o mar.

Abraço

Anónimo disse...

Para além da beleza, a poesia é transparência e luz. "Terra no mar dos sonhos"...

Fátima Marinho