terça-feira, 29 de janeiro de 2013

ecos do mar...



aquieto o rubro fulgor do outro lado do mar
espaço sem tempo que acende poentes
renascidos no regresso da vaga ao aflorar
velhos deltas dos mesmos rios confluentes

escrevo nesse ondular despido de terra
silêncio planado no segredo do desejo
onde crescem rosas salgadas – almejadas
ao teu olhar brilhante onde me revejo

cresce uma luz frondosa no teu rosto
que ilumina a margem acesa da esperança
sombreada entre murmúrios embalados
no inaudível sonho mareante de criança

evoco o eco do mar no poema crescente
recôndito na memória do mesmo mar
e em ti (re)encontro o mesmo afluente
da água inquieta que não quero domar…

 

foto: Francisco Navarro
https://www.facebook.com/FrankNavarroFotografias

domingo, 6 de janeiro de 2013

2013...


Depois da criação deste blogue "O Momento Certo"   no conturbado ano de 2007,  chega agora o momento de criar uma página no facebook deste espaço, apesar de continuar a publicar por aqui,  as palavras que me alvorecem a alma... 

depois da escuridão... há sempre um momento certo que acontece do lado certo do coração...

Para além da participação em duas colectâneas, uma em 2011  "Poetar Contemporâneo - vol. I"  e outra em 2012  "Poetar Contemporâneo - vol. II", estão já agendadas mais três colectâneas de poesia, das quais vos darei conhecimento no decorrer deste ano de 2013... 

... mas, lentamente aproxima-se um momento muito especial... 

 ... o meu primeiro filhote poético ... 


Biografia: 
Cristina Fernandes nasceu em Lisboa em 1966.
Desde cedo se interessou pelo mundo das palavras escritas, que têm sido suas confessoras, mas sempre as guardou entre folhas soltas na decorrência do tempo...
Em 2007 criou um blogue: “O Momento Certo”, onde começou a publicar alguns dos seus poemas. Foi com alguma surpresa que assistiu à aderência inesperada de várias pessoas a esse espaço.
Em 2011 colaborou na colectânea de poesia “Poetar Contemporâneo – volume I”, e no decorrer do ano de 2012 no volume II da referida colectânea.
Encontra-se neste momento em fase final da preparação do seu primeiro livro de poesia, a editar brevemente… “porque a poesia é um acontecer constante…”
...
Há sempre um "Momento Certo" nas águas onde fluem as margens da poesia...


https://www.facebook.com/OMomentoCertoPoesia