terça-feira, 1 de junho de 2010

respiração


espero
dentro da pele onde guardo o segredo
da tua respiração madrugada de calmaria,
dum amor que já não pensava encontrar
compasso tão certo e terno do teu olhar

chegas
envolto em transparências ponteadas
duma pintura que reconheço o traço,
e o cheiro que me soterra na libertação
desse mar profundo, véu em ascensão

tocas
os meus destroços e plantas um Sol
jóia de ouro puro como a água verde,
que resvala no teu olhar, esboço recente
pacto de raiz deste tempo feliz e presente

respiro
na subtil leveza das palavras aplanadas
entre as arestas do que tento não pensar,
quando à entrada do quarto a poesia
dança no silêncio duma sacra liturgia



(há algo de sagrado na tua respiração, quando adormeces 
e eu fico acordada… escutando-Me, 
nesse sopro que um “Deus Maior” tem para me revelar…)

24 comentários:

Nydia Bonetti disse...

quase perdi o fôlego... belo!
abraços!

RETIRO do ÉDEN disse...

Que esse Amor e essa Respiração permaneçam e se transformem em Paz e Amor duradouros.
Sê Feliz.
Abraço
Mer

antonio - o implume disse...

A liturgia do amor será sempre sagrada.

Pelos caminhos da vida. disse...

Um ótimo dia pra vc.

beijooo.

Agulheta disse...

Quando a respiração de um amor a dois é feita em sintonia,nada mais belo existe...adorei as palavras.~
beijinho

Pensador disse...

O momento maravilhoso da entrega, onde os dois se tornam um, é talvez o mais sagrado que existe.
Neste momento, todos somos deuses.

© Piedade Araújo Sol disse...

se houver sol nos destroços...então há vida, e entrega!

muito bom.

a foto apropriada.

beij

Mar Arável disse...

A poesia

sempre participa

na respiração dos amantes

Pluma Roja disse...

Precioso poema Querida.

Saludos cordiales,

Sonhadora disse...

Minha querida
Um belo momento de poesia, adorei este lindo poema.

Beijinhos
Sonhadora

Mona Lisa disse...

Espero,chegas,tocas,respiro...

Que mais dizer?!

O amor em sintonia.

Bjs.

Pedrasnuas disse...

A BELEZA DO AMOR...QUE CHEGOU DEPOIS DO TEMPO...SUPREENDENTEMENTE...
"TOCAS OS MEUS DESTROÇOS E PLANTAS UM SOL JÓIA DE OURO PURO COMO A ÁGUA VERDE,QUE RESVALA NO TEU OLHAR,ESBOÇO RECENTE PACTO DE RAÍZ DESTE TEMPO FELIZ E PRESENTE"-

É TUDO O QUE IMPORTA.

FELICIDADES

Baby disse...

"tocas
os meus destroços e plantas um Sol"

Que esse brilhe e te aqueça a cada dia.

Beijos.

Lilá(s) disse...

O amor anda no ar respira-se por aqui, e a poesia resulta ainda mais doce, lindo!
Bjs

heretico disse...

belo poema.
delicado e terno. em seu gesto de entrega.

gostei muito

beijos

Graça disse...

Respiras beleza e amor em cada palavra.

Já tinha saudades de passar por aqui :).

Beijo de carinho, querida Chris.

Otário disse...

olá.
boa semanA!

meus instantes e momentos disse...

que bom vir aqui,
belo post.
Maurizio

Graça Pereira disse...

Minha Querida
É emocionante acompanhar a tua alma de poeta...de um amor traído, de desilusões e amarguras para um outro amor renascido "dum amor que já não pensava encontrar" e que está cheio de transparências, de libertação que fazem deste tempo "feliz e presente".
Há liturgia num leito...onde o amor adormece...
Beijo Carinhoso
Graça

O Árabe disse...

Belo, sim. Vívido e emocionante! Boa semana.

Nilson Barcelli disse...

Li e reli. Querida amiga Chris, sem qualquer exagero, o teu poema é excelente. Parabéns.
Beijos.

O Árabe disse...

Boa semana, amiga. Aguardo o novo post.

Virgínia do Carmo disse...

Há uma alma que se reinventa nesta corrente de emoções... Que bom... (e muito bonitas, as palavras...)

Beijinho

Duartergilene♀♂ disse...

olá Crtistina adorei alguns de seus textos gostarias que me aceitaste como mais um observador um bom domingo