terça-feira, 23 de novembro de 2010

Sei...

                                                           Foto: Miguel Quaresma
                                                                                              

Sei da sombra fluente no pó cheio do deserto

sei da queda das estrelas no vácuo do tempo

sei da respiração suspensa na hesitação do sonho

sei do olhar embutido no rubro abismo ascendente

sei do voo desarvorado da palavra silenciada

sei do arvoredo flutuante na terra sem semente

sei do cântico sedento nas margens entornadas

sei do sorriso encerrado no segredo revelado

sei da falésia erguida nas escarpas do silêncio

sei do brilho salgado guardado no suor dos Deuses

sei da noite desviada na linha ténue da madrugada

sei do gelo herdado na fissura do olhar estilhaçado

 sei do renascer deste Amor num dia dito santo

sei dos homens que o designaram – “ressurreição”

não sei… sei, apenas sentir o pulsar do coração…

 



Foto: http://emblogliof.blogspot.com/

70 comentários:

piedadevieira disse...

E eu só sei que é linda a poesia.
Beijinhos

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema maravilhoso que me disse tanto.

não sei… sei, apenas sentir o pulsar do coração…

Apenas isso...o resto está no tempo...na eternidade do momento em que não sabemos de nós.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

RETIRO do ÉDEN disse...

Sei...que estava inquieta por ti.
Mas, felizmente o poema está de feição com a "ressurreição".
Sê feliz.
Bj. com carinho e forte abraço
Mer

Pena disse...

Estimada e Simpática Poetiza Amável e Amiga:
"...sei do sorriso encerrado no segredo revelado
sei da falésia erguida nas escarpas do silêncio
sei do brilho salgado guardado no suor dos Deuses
sei da noite desviada na linha ténue da madrugada..."

Soberbo. Delicioso. Terno. Perfeito.
Possui encanto e ternura no que faz.
Tem veia profunda de poetiza.
Aqui todo maravilha e deslumbra.
MUITO OBRIGADO pela simpatia no meu blogue.
Abraço amigo de respeito, estima e consideração.
Eu volto.
Sempre a admirar o que "confecciona" com beleza e pureza.

pena

Adorei.
Bem-Haja, poetiza amiga.
Fantástica.

manuel marques disse...

Sei que só há uma liberdade: a do pensamento, e os seus São belos.

Abraço.

Everson Russo disse...

Mas que no meio de tudo o coração saiba amar e viver plenamente o sentimento...belissimo poema...um grande beijo, obrigado pela visita, prazer imenso em conhecer...volte smpre que desejar.

Pedrasnuas disse...

SEI QUE NÃO SEI COMO É QUE SE ESCREVE ASSIM...COM TANTA GARRA,TALENTO E GÉNIO!

UM POEMA SOBERBO E FORTE

E SEI QUE TE DEIXO UM BEIJO

JB disse...

sei... que gostei de conhecer o seu espaço...

sei... que está recheado de belas poesias...

... dos Homens... não sei o que sei...

Lindo!!!

Beijinho

Lilá(s) disse...

Sei que gostei do que li, e sei que não sei fazer igual...
Beijinhos

Braulio Pereira disse...

obrigado Cristina

pelo teu carinho lá

belo poema como sempre

gostei muito ... tens alma iluminada

e um coraçâo que Ama

beijos flor!!

© Piedade Araújo Sol disse...

e eu só seu que escreves muito bem poesia.

um beij

Por toda minha Vida disse...

Eu sei que sempre vale a pena vir aqui e sentir que muito ainda não sei...

Renata

antonio - o implume disse...

As certezas que se sentem, mais do que se sabem.

Pluma Roja disse...

Querida poetisa, pase a visitarte y me encuentro con que no tienes traductor. Te sugeriría para tus amigos de habla español, pusieras uno.

Dejo un fuerte abrazo y un gran beso.

José Gonçalves disse...

Olá Cristina Fernandes,

Numa rápida leitura em diagonal, que a cama já está a reclamar a minha presença, venho dizer-te que gostei do que vi, li e ouvi.

Voltarei com mais calma, apreciar melhor a leitura e a música.

Um abraço e até sempre,

José Gonçalves

Ailime disse...

Um poema sublime, em que cada palavra, cada frase nos transportam à liberdade, ao verdadeiro Amor!
Muito belo.
Bjs.
Ailime
(Grata pela sua visita, que me agradou muito)

Vitor Chuva disse...

Olá, Cristina!

O saber nascido da emoção valerá mais que todos os outros saberes assentes na razão... Na hora da verdade, a primeira tende, quase sempre, a triunfar sobre a segunda.

Está lindamente escrito.
Beijinhos.
Vitor

MEUS POEMAS disse...

Lindo, lindo, adorei o texto amiga!
Obrigada por sua visita!
Bjssssssssss
Gena

João52 disse...

Eu cá fiquei a saber que há gente que como você escreve lindamente... Adorei seu post...

Saudações poéticas

Valquíria Oliveira Calado disse...

Muito bom, boa noite, bjos.

tossan® disse...

Cuide da alma porque a tua poesia é perfeita, cuide dos olhos porque a tua sensibilidade é a poesia. Beijo

Graça Pereira disse...

E eu sei tambem que adoro a tua Poesia: sensível, luminosa e imensa.
No fundo de cada palavra...sei e sinto o pulsar do teu coração.
Beijo
Graça

Pelos caminhos da vida. disse...

Sei... que esse poema é lindo.

Obrigada pela sua companhia.

beijooo.

Everson Russo disse...

Uma belissima quarta feira pra ti querida amiga...beijos.

Graça Pires disse...

Sei que o poema é lindo e que eu gostei imenso de o ler.
Unm beijo.

Maria Valadas disse...

Sabes fazer explodir de emoção quem te lê, querida Cristina.

Belo momento e... digo-te: Obrigada.

Beijos com amizade.

Maria

Maria Valadas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
evanirgarcia disse...

Estou feliz da vida aqui seguindo seu blog..
Encontrei vc no meu anjo Everson..
Querida vejo hoje quanto tempo eu perdi.
AS amizades do meu anjo são lindas
claro quem são minhas amigas também são.
Agora vou procurar novas amizades e tudo que desejo é ser feliz.
Convido vc a seguir meu blog caso vc gostar querida gostaria muito de ter sua amizade a minha vc ja tem.
Um carinhoso beijo,Evanir.
www.fonte-amor.zip.net

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

encontros e desencontros da vida nesta poesia

Graça disse...

E quando as certezas se (re)vestem de sentires, as palavras fluem... belas.

As tuas.


Beijo de boa noite, amiga.

Mona Lisa disse...

Apenas sei que adorei a leveza e sensibilidade do teu poema.

Bjs.

manuela baptista disse...

e o que não sei

aprendo um pouco, em cada certo ou incerto momento

muito bonito Chris!

um beijo

manuela

Luís Coelho disse...

Sei tantas coisa e nada sei que me faça sentir a alma de cada coisa.
Bonitos os teus versos e de tudo aquilo que bem sabes..........

Isabel Montes disse...

Sei que sabes que a sabedoria da poesia é sábia... SEI!

Um abraço,
Isabel Montes

A.S. disse...

Cristina,

Ler-te é um doce fascinio!


Beijos!
AL

Maria João disse...

A sensibilidade é semente fértil, se cuidada e cultivada no coração.
Quando assim é, tudo o que nos envolve é musica e poesia, conhecimento de vida e maturidade.

Belo, como só poderia ser vindo de onde vem.

Beijinho, Cristina

Eduardo Aleixo disse...

Sei apenas que adorei o teu poema. Bjinho

Ana Oliveira disse...

Voltei para reler...porque sei que gostei da primeira vez e sei que ainda gosto mais hoje!

Um beijo Cristina

Machado de Carlos disse...

O momento do saber é um momento sublime!

Belíssimo teu poema. Uma luz total!

poetaeusou . . . disse...

*
sei,
que tu sabes,
que . . . sabes . . .
,
conchinhas,
,
*

Paula Barros disse...

O sentir do seu coração nos traz muita emoção. Lindo poema, muito criativo.

Gostei da beleza do foto.

SKIZO disse...

Fabuloso
boas
criações

Baby disse...

E há nas palavras deste poema um coração que sonha e que pulsa!
Belíssimo.

Um beijo.

Virgínia do Carmo disse...

Tanto saber é um dom miraculoso...

Muito bonito!

Bejinhos, Cristina

Pensador disse...

Sei que nada sei.

Mas também sei que amo amar...

Beijo!

Vieira Calado disse...

E sabe muito bem!...

Gostei.

Bjs

Braulio Pereira disse...

bom dia Cristina

ao ler-te sei mais das coisas que nâo sabia

optima semana

beijos flor!!

heretico disse...

maravilha de poema.

beijo

BRANCAMAR disse...

E é no pulsar do coração que tudo faz sentido.
Saudades de te visitar e ler coisas tão lindas.
Beijos
Branca

. intemporal . disse...

.

. sei de um momento perfeito .

.

. deste talento aqui re.eleito em palavras que são prece e ascese de um alento comum .

.

. um beijo meu .

.

. paulo .

.

Nilson Barcelli disse...

Sabes tantas coisas...
E também sabes escrever magníficos poemas, como este. Que eu gostei tanto...
Um beijo, querida amiga.

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!

Obrigado pelas suas palavras respeitantes ao meu último livro "Viagem através da Luz"

O meu próximo livro é para ser apresentado na minha 1ª exposição de Poesia Ilustrada.
Contém, além do mais, em formato de postal,
as miniaturas dos quadros, que são em A3.
Também está previsto um livro a sair no Brasil...


*

Gostei do seu poema.
Explorou bem o tema
e a sonoridade e ritmo.

Beijinhosss

Sofá Amarelo disse...

... Sei do Mar que despeja pedacinhos de ondas nas areias finas das praias e do luar que traz na luz as sombras das linhas ténues da madrugada...

tecas disse...

Soberbo poema, de uma beleza impar.
Sublinho:
"sei do renascer deste Amor num dia dito santo
sei dos homens que o designaram – “ressurreição”
não sei… sei, apenas sentir o pulsar do coração…"
Obrigada por comentar no meu singelo blog e ser minha seguidora
Bjito amigo

A Marca das Palavras disse...

Gostei muito desse verso "sei do voo desarvorado da palavra silenciada"!

Veronica disse...

Oi adorei seu blog! Virei seguidora.

Ana disse...

Esse sentir pulsar o coração que dá força e beleza às palavras!
Um beijo para ti, Cris *

Graça Pereira disse...

Beijos e um Feliz natal e um Ano Novo muito prometedor.
Graça

O Profeta disse...

...Quem sou
Nunca me encontrei na letra de uma canção
Nunca toquei duas notas seguidas em harmonia
Mas perdi-me às vezes na ilusão

Reencontrei-me com o amor
Amargura mora sempre com a razão
Um mágico nem sempre acerta
No seu golpe de mão

Mas fiz mil tentativas nesta viola
Nenhuma nota bateu-me certa
Sou um triste e patético tocador
Desta...Melodia Incompleta...

Doce beijo

. intemporal . disse...

.

. venho por ora desejar um santo e feliz natal extensível a todos os familiares e amigos que te sejam essência ao peito .

.

. e um ano de 2011 próspero em todos os objectivos a que te proponhas .

.

. com amizade,,, .

.

. paulo .

.

Por toda minha Vida disse...

Um Natal de muita Paz e um ano novo repleto de realizações.
Que as luzes que enfeitam esta data iluminem sua vida o ano de 2011 inteiro.

Feliz Natal e Próspero Ano Novo.

Renata

Virgínia do Carmo disse...

Cristina, deixo votos de um feliz Natal!

Beijinho

Maria João disse...

Cristina

Para ti e todos os que te são próximo, um Feliz Natal e que o Novo Ano te dê, exactamente, o que precisas!

Um beijinho

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga, desejo-te um Natal muito feliz, na companhia dos que mais amas.
Beijos.

Lilá(s) disse...

♫♫♫ Um Feliz Natal!!!

...............¨♥*✫♥,
.........,•✯´.........´*✫
.......♥*................ __/\__
.......*♥............… ..*-:¦:-*
...¸.•✫.............……/.•*•.\
...~`,`~.................. |
¸....✫................... *•*
´¸...*♥..´¸...........*♥♫♥*
´¸¸♥*................✯•♫•♥•*
´¸.•✫ .............. *♥•♫•♫♥*
~`,`~............. ✯♥•♦♫♥•♥*.
`.✫`.............. *♥☺♥•♥•☺♥*.
●/................✯♥•♥♠♫♥#♥•♥*..
/▌................*♥♫•♥♫•♥♫♥•♫♥*
/ \....................... ╬╬╬╬.

BEIJINHOS

Sonia Schmorantz disse...

Todos os dias deste ano,
Você esteve presente.
Fazendo-me sorrir, trazendo conforto e incentivando a continuar.
Todas suas palavras, seus comentários e presença foram muito importantes.
E é com todo carinho que desejo
Tudo de bom na sua vida,
Um Natal repleto de alegrias.
E que todos seus sonhos se tornem realidade neste
E em todos os Natais que ainda virão.
Um forte abraço.
Feliz Natal!

RETIRO do ÉDEN disse...

"SEI"...
Será um Santo e especial Natal.
Bjs. natalícios
Mer

Pedrasnuas disse...

SEI QUE VOLTEI AQUI PORQUE DEIXASTE LÁ BOAS ENERGIAS...E EU VIM NO RASTO DOS AROMAS...E DOS BRILHOS E TAMBÉM SEI DO PULSAR TERNO DO CORAÇÃO...DO TEU,DO MEU E DE OUTROS CORAÇÕES QUE ACREDITAM NO AMOR DA HUMANIDADE...UM BRINDE A NÓS E A ESSES...

QUE O AMOR FIQUE PELA ETERNIDADE FORA!

FELIZ NATAL E UM BOM ANO.

BEIJINHOS NATALÍCIOS

Secreta disse...

Olá! Espero que tenhas tido um bom Natal.
Felicidade para 2011 é o que e desejo.

Fanzine Episódio Cultural disse...

COMO PARTICIPAR NAS EDIÇÕES DO EPISÓDIO CULTURAL?
O Fanzine Episódio Cultural é uma publicação bimestral sem fins lucrativos, distribuído na região sul de Minas Gerais, São Paulo (capital), Belo Horizonte e Salvador-BA. Para participar basta mandar um artigo: poema, um conto que não ultrapasse 1 folha inteira no word (Times Roman 12). Pode mandar também artigos que abordem: cinema, teatro, esporte, moda, saúde, comportamento, curiosidades, folclore, turismo, biografias, sinopses de livros, dicasde sites, institutos culturais, entre outros.
Mande em anexo uma foto pessoal para que seja publicada juntamente com a sua matéria.. Mande também (se desejar) uma imagem correspondente ao assunto abordado. Caso o artigo não seja de sua autoria, favor informar a fonte.
PARA ENTRAR COM CARLOS (Editor)