quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Nove


Talvez por hoje ser 09/09/2009, segundo o calendário gregoriano, faça sentido agradecer a todos os que me acompanham (mesmo, aos que me desacompanham, o meu obrigado...) neste espaço que criei, sem qualquer intenção ou pretensão, há pouco mais de dois anos, mais precisamente a 25 de Agosto de 2007, como revela o primeiro “post” deste "Momento Certo"...

Aqui, revelo um pouco de mim, as ondulações do sangue que me corre nas veias, o recorte da luz que desagua na sombra, o tempo da partida e da chegada, retalhos duma história integrada, talvez um dia a ser contada…

Hoje, este meu recanto chegou aos 99 seguidores! Será coincidência? Não sei, mas não acredito nelas, vãs explicações da chamada racionalidade humana...

Acredito que tudo tem um sentido no momento certo, encarnado numa pintura que os Deuses nos oferecem sem nada pedir, os mesmos que vivem dentro de cada um de nós, mesmo quando fingimos esquecê-los, descurando-os em nós, coroa que o velho altar entoa, nota musical que não destoa...

Sabe-se que o nove representa o fim, que é o princípio de cada momento (perdoa-me o plágio das palavras...), a passagem do pensamento egocêntrico à porta aberta da transcendência, onde se fundem as energias Yin e Yang, território de desintegração do absoluto no relativo, tela da criação onde se conjuga o concreto no abstracto. Dizem, que o Amor é Uno...

Esse simples e eterno momento onde a consciência se toca a si, como personagem cheia de vacuidade formal, local que o tempo reconhece na redefinição dessa proximidade, como o pulsar de cada respiração, elevando-se no esquecimento suspenso da densidade que é o pensamento.

O número nove simboliza a iniciação, número imortalizado pelos velhos profetas…




há quem viva toda a vida encostado à encosta funcional da vida,

há quem arrebate abismos e desvende mistérios esculpidos pelo tempo,

há quem antecipe o momento certo, na voracidade desmedida de não saber esperar,

há quem submerja no azul profundo das águas e desse fundo nunca mais saia,

há quem provoque energias telúricas, para confirmar um velho Amor,

há quem reconheça o olhar ancestral desse mesmo Amor e saiba que a espera “d’Ela”,
queda o sentido do eterno momento certo…

há quem já tenha morrido e renascido, no eterno retorno a esse mesmo Amor…

há quem saiba de mim, fingindo não querer saber…

13 comentários:

Alegria Joie Joy disse...

Este significado do 9 apareceu no momento certo, e acredito em tudo afinal eu gosto muito quando acreditam em mim.

Beijos adorei.

Renata Vasconcellos

Pensador disse...

Chris,
Para mim, mais importante que a numerologia cabalística do número nove, é o fato de seu blog já ter completado dois anos e ter um número bastante razoável de seguidores, sinal inequívoco da qualidade de seus escritos.
Beijos!

Ana Oliveira disse...

Porque também não acredito em coincidências...voltei de visita a tempo de ser a 100ª seguidora

Beijos

Ana

Nydia Bonetti disse...

Sempre gostei do 9: Meu mês.
É curioso, mas há mesmo números que nos perseguem.
Abraços.

SAM disse...

Chris,

a mim calha sempre, quando entro neste espaço virtual, a opção sem a intenção da escolha do momento certo e incerto.Apenas chego no perfil e entro. Só sei que optando em um ou outro, sinto a sensação do certo, sempre, para mim.

E aqui estou. O sentindo está na observação, na percepção de tudo que vivenciamos e nos rodeia. Tudo há e faz sentido. E gosto de aprender um pouco nestes espaços.Para fazer sentido.

Grande beijo!

Graça Pereira disse...

Dois anos, é apenas uma página da vida e este número nove, é o começo de outras ondas avassaladoras e positivas. Gosto deste número. aliás de todos nºs ímpares. Suprestição? Não sei! Como tua seguidora quero vir aqui encher-me de coisas belissimas que escreves. Um beijo de Parabens (atrasados...mas a tempo). Graça

Graça Pereira disse...

Tambem gosto do nº 9, aliás de todos nºs impares. Parabens pelo aniversário de teu blog (atrasados, mas sinceros) um espaço que eu gosto de visitar no "Momento Certo". Um bj Graça

Graça Pereira disse...

Gosto do nº 9, aliás de todos os impares. Parabens pelo aniversário do teu blog (atrasados mas sinceros) um espaço agradável onde eu gosto de vir no "momento Certo". Um bj Graça

Agulheta disse...

Amiga Chris. É obvio que não poemso gereralizar tudo que acontece ser relativo a numeros,uma coisa é verdade tenho uns números que gosto,seja o sete e o nove? penso que coisas feitas nesta data me corre bem.
Beijinho Lisa

Susana disse...

Olá Cris!

Ontem estive num corre corre e acabei por nem ter um temoinho para pensar nessa feliz coincidência do dia 9. Coincidência ou não, acho que a vida acontece, e não é por acaso...
Bjs Susana

Whispers disse...

Querida Chris!
Todos os momentos sao certos, todos os numeros tem valor.
Nao existe o nove sem comecar pelo um.
O importante e ser feliz
Parabens e mil beijos
Rachel

Chris disse...

Renata: fico feliz por ti, pois acreditar é fundamental.

Pensador: não sei... mas obrigado pelas palavras.

Ana Oliveira: chegou mesmo a tempo do momento certo, nesta numérica.

Nydia: e deve existir um motivo, só que nem sempre o encontramos.

Sam: entre o momento certo e os momentos incertos a escolha é tua...

Graça: obrigado mais uma vez pela tua presença e pelas palavras.

Lisa (Agulheta): o número 7 também me diz muito...

Susana: o importante é acontecer.
Obrigado pela visita

Rachel (Whispers): concordo contigo, tudo é importante e tudo está relacionado.

Bjs

Chris

RETIRO do ÉDEN disse...

Muito bonitas as suas palavras e descrição sobre o número (9) .

O número das tomadas das decisões.

Como sempre vieram no "momento certo".

Está à porta as eleições... há que se ponderar em consciência... será por acaso? quem saberá?

Nada é por acaso......

Bjs.
Mer