terça-feira, 2 de junho de 2009

Rejeição










Ser pequeno, negação do nada
Palco de pregos decadentes
Escorregadiços, pendentes
Da estupidez armadilhada

Ser arrogante, olhar encovado
Onde só existe engano
Dum verme equivocado
Desossado, lodo encimado

Ser insano, aquém de profano
Além duma réstia de voz
Falhada, mero algoz

Ser descorado, almejado
Na falésia do medo,
Chacal em degredo

Ser que rejeito…
definitivamente!



Chris (para A.)
1 de Junho 2009 (em resposta ao comentário de 5 de Abril 2009)

7 comentários:

Eduardo Mesquita disse...

Gostaria muito de lhe dizer que a poesia e' uma forma de mensagem, muitas vezes um desabafo, ate' uma intriga, ate' aceito que possa ser um ajuste de contas , mas sempre se ficar na intimidade...gosto do seu blog e muito interessante mas de preferencia ao lado bom que a vida tem para nos dar,porque e' esse lado que deixa as nossas marcas...o outro marca-nos a nos.O blog e' seu deixe nele a sua marca como tao bem sabe fazer e nao se esqueca que existe uma palavra que se chama desprezo...que talvez nao tivesse que estar neste comentario mas mesmo assim e'preferivel ao dar importancia demais a quem nao merece.
Uma boa semana.
Eduardo

Anónimo disse...

Entendo-te. beijinhos :)(atende-me o telefone, estou a ficar preocupada)
Gaby

Agulheta disse...

Olá Cris!O Poema fez vivrar a minha alma de sensibilade.
Beijinho amigo

Chris disse...

Eduardo: gostei muito de ler o seu comentário. Concordo que a poesia pode ser tudo o que refere, mas pode ser mais... a interpretação é de cada um, livre e criativa. Quando à parte final do seu comentário, permita-me que não o comente neste espaço aberto. Foi um prazer ler as suas palavras, fico à espera das próximas.

Gaby: está tudo bem...

Agulheta: não chamo poema, são apenas palavras. De qualquer forma, muito obrigado pela simpatia.

Chris

Anónimo disse...

Encontrei, por acaso, o seu blog, e só tenho uma palavra para o descrever: sublime.
fiquei entristecida, porém, com tanto sofrimento neste seu último poema.Continue a escrever com o coração, pois é dele que emana toda a verdadeira sabedoria.

Juno

Chris disse...

Juno:

Três palavras do seu comentário que me dizem muito: sofrimento, coração e sabedoria. Existe um elo de ligação entre as três...
Obrigado.

Chris

Alegria disse...

Fiquei feliz com sua visita ao meu blog, e honrada, muito obrigada pelo seu comentário. E vivo lendo seu blog, adoro, tudo que você posta, mais uma vez obrigada.