domingo, 9 de setembro de 2007

Analogias


Não sei se esta viagem me pertence
mas guardo este último tempo
na convicção do nada
na incerteza do talvez
nas analogias de um destino
que não alimenta mágoas
mas apaga cicatrizes
dentro de cada vida
de todas as vidas

António Sem, in “Analogias” [2003]

Sem comentários: